© 2019 by Hertz Wendel | Tiago Alvarez | cinemaemperspectiva

Exibição do filme “Amor, plástico e Barulho”, de Renata Pinheiro Belo com bate papo com a autora sobre o filme e o cinema pernambucano.

19 de Novembro de 2016 | Às 19h

Cineasta, diretora de arte e artista plastica, estreou no cinema em 1999, com a direção de arte do curta-metragem Texas hotel, de Cláudio Assis. Em 2003, novamente com Cláudio Assis, fez a direção de arte do longa-metragem Amarelo manga. Em 2009, teve sua primeira experiência por trás das câmeras, dirigindo o curta-metragem Superbarroco (2009), selecionado para a Quinzena dos Realizadores, do Festival de Cannes 2009. Em 2013 lançou o longa de ficção “Amor, plastic e barulho”.

Filmografia selecionada:

 

Diretora

  • Açucar (em finalização). Em parceria com Sérgio Oliveira.

  • Amor, plástico e barulho (2013)

  • Estradeiros (2012). Em parceria com Sérgio Oliveira. Prêmio da Crítica no Cine-PE 2012.

  • Praça Walt Disney (2011). Curta-metragem.

  • Superbarroco. Curta-metragem. Prêmio de melhor curta no Festival de Brasília e no Cine-PE. Selecionado para a Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes 2009.

 

Diretora de arte

  • Deserto (2016), de Guilherme Weber

  • Tatuagem (2013), de Hilton Lacerda

  • Febre do rato (2011), de Claudio Assis. Prêmio de melhor direção de arte no Festival de Paulínia 2011.

  • Estamos juntos (2011), de Toni Venturi

  • De pernas pro ar (2010), de Roberto Santucci

  • Histórias de amor duram apenas 90 minutos (2009), de Paulo Halm

  • Hotel Atlântico (2009), de Suzana Amaral

  • A festa da menina morta (2009), de Matheus Nachtergaele

  • Feliz Natal (2008), de Selton Mello

  • Baixio das bestas (2007), de Cláudio Assis

  • Árido Movie (2006), de Lírio Ferreira

  • Amarelo manga (2002), de Claudio Assis

  • Texas hotel (1999), de Claudio Assis

APOIO:

Encerramento
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle