© 2019 by Hertz Wendel | Tiago Alvarez | cinemaemperspectiva

Lançamento de Livros

“Escritos de Alfabetização Audiovisual “

12 de Novembro de 2015 | 18h

Atividade da Linha de Pesquisa Cinema e Educação do GPCINE - Grupo de Pesquisa e Estudos do Cinema.

“Escritos de Alfabetização Audiovisual “ (Libretos, Série Universidade, 2014), organizado por Maria Carmen Silveira Barbosa e Maria Angélica dos Santos. 

 

Este livro registra a existência do Programa de Alfabetização Audiovisual, realizado em diversas instâncias, em forma de políticas públicas que incluem o cinema como ferramenta de ensino, não só fazendo uso do cinema como apresentação em sala de aula, mas de modo ao aluno refletir e produzir cinema.  Entre suas atividades estão a criação e a manutenção do Festival Escolar de Cinema, voltado para alunos e professores das Redes Públicas de Ensino Básico; realização de cursos de formação continuada voltados

a professores e educadores em geral, realização de oficinas de produção audiovisual com estudantes da Rede Pública focadas na compreensão técnica e estética da linguagem audiovisual e na produção própria de um exercício audiovisual; trabalho com espaços de discussão teórica que colocam em contato especialistas da área de cinema e educação.

BIOGRAFIA

Maria Carmen Silveira Barbosa

 

Mestre em Planejamento em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas e Pós-doutora pela Universitat de Vic, Catalunya, Espanha. Atualmente é Professora Associada da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e atua no Programa de Pós-Graduação em Educação, na Linha de Pesquisa: Estudos sobre as Infâncias. Participa do Movimento Interfóruns de Educação Infantil - MIEIB. 

 

Maria Angélica dos Santos

 

Graduada em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, especialista em Projetos Sociais e Culturais pela mesma universidade e especialista em Alfabetização em Classes Populares pelo Geempa (1989).

 

Trabalha na Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia da Secretaria Municipal da Cultura, onde desenvolveu o projeto Olho da Rua, aproximando o cinema de adolescentes com alto grau de vulnerabilidade social.

 

Coordenadora do Programa de Alfabetização Audiovisual  de Porto Alegre, uma ação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul  realizada em parceria com as Secretarias da Cultura e de Educação de Porto Alegre e a Secretaria da Educação do Rio Grande do Sul.

“A Construção do Poético no Roteiro Cinematográfico” 

12 de Novembro de 2015 | 18h

“A Construção do Poético no Roteiro Cinematográfico” (Editora Moça, 2015), de Ana Johann    

O cinema, no decorrer de uma trajetória de mais de um século, foi buscando suas especificidades, adequando, adaptando e transformando princípios de dramaturgia advindos do teatro e da literatura, até constituir seus próprios parâmetros. Em geral, estudos de cinema se voltam para filmes já finalizados e, os conteúdos dos livros de roteiro tendem a ensinar as 'leis do drama' na concepção da cena. Por outro lado, muitos roteiristas se debatem entre utilizar estratégias de dramaturgia já consolidadas e/ou outras concepções não denominadas, nem sistematizadas.

A partir destas constatações, este livro concentra-se em refletir sobre a construção do poético na escrita do roteiro cinematográfico. Conhecidos elementos de roteiros (pássaros, cavalos, quadros, torneira, entre outros) foram examinados sob diferentes perspectivas e à luz de conceitos de diversos  autores, como: Bachelard, poética do espaço; Greimas, fratura e escapatória; Xavier, transparência e opacidade e Samain, como pensam as imagens, aplicados a filmes, como Django (Quentin Tarantino) e, especialmente, Amor (Michael Haneke).

BIOGRAFIA

Ana Johann 


Roteirista, cineasta e professora, tem Especialização em Documentário pela Universidade de Barcelona e é Mestre em Comunicação e Linguagens pela Universidade Tuiuti do Paraná. Dirigiu e roteirizou quatro filmes. "Um Filme para Dirceu" (2012), seu primeiro longa-metragem, foi Prêmio Especial de Júri no "45° Festival de Brasília de Cinema Brasileiro". Seu mais recente trabalho, o filme "Notícias da Rainha" (2013) ganhou os prêmios de 'melhor filme' e 'melhor roteiro' no "8° Encontro de Cinema e Vídeo dos Sertões" e de 'melhor documentário' ibero-americano no "FEMCINE – Festival de Cinema de Mulheres" no Chile, e de 'melhor direção de arte e design sonoro' no "8° Cine-PE- Festival Audiovisual de Pernambuco. Seu segundo longa-metragem, "O que nos olha" e seu primeiro curta de ficção "Você ainda não está morta" estão em fase de montagem. Atualmente, é professora da Faculdade de Cinema UNESPAR, na Disciplina de Roteiro; é integrante do "Cinecriare -cGrupo de pesquisa Cinema: Criação e Reflexão" e, também leciona em cursos de pós-graduação em diversas universidades, além de ministrar oficinas de roteiro.

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle